• A tributação de não residentes nos veículos de investimento imobiliário

    A tributação de não residentes nos veículos de investimento imobiliário0

    Em Portugal é muito comum a detenção de imóveis por sociedades comerciais que os reabilitam, exploram e alienam. Coexistem no ordenamento jurídico português outros veículos de investimento – designados conjuntamente como organismos de investimento colectivo (“OIC”) – que, após as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 7/2015, de 13 de Janeiro, beneficiam de um regime de

    LER MAIS
  • Os Fundos de Investimento Imobiliário em 2019

    Os Fundos de Investimento Imobiliário em 20190

    Os Fundos de Investimento Imobiliário em Portugal fecharam o ano de 2019 com um total de € 10,25 mil milhões de euros sob gestão. Este valor representa uma quebra de 3,7% face ao ano anterior, segundo leitura dos dados da APFIPP e da CMVM. Na realidade, os fundos de investimento imobiliário em Portugal têm vindo

    LER MAIS
  • Family Offices aumentam exposição a imobiliário

    Family Offices aumentam exposição a imobiliário0

    De acordo com dados divulgados pela Preqin sobre mais de 1.000 family offices, estes aumentaram a sua exposição a investimentos imobiliários nos últimos 3 anos. Um Family Office na prática é uma estrutura montada com o objectivo de gerir os interesses de uma família com investimentos e exposição a diversas classes de activos. Em Portugal,

    LER MAIS
  • Reflexões sobre a introdução das SIGIs

    Reflexões sobre a introdução das SIGIs1

    A propósito das Sociedades de Gestão e Investimento Imobiliário (SIGI, também conhecidas por Real Estate Investment Trusts (REITs)), recentemente introduzidas em Portugal e cujo enquadramento legal é estabelecido pelo Decreto-Lei n.º 19/2019, tenho assistido e lido algumas discussões e notícias, por vezes interessantes outras apenas desinformadas ou ingénuas, em que se reflecte sobre o impacto

    LER MAIS
  • A avaliação de desempenho de fundos de investimento na óptica dos investidores – Parte I0

    A avaliação de desempenho dos gestores de fundos é um problema complexo em todas as áreas de gestão de fundos. Proponho uma breve reflexão sobre o assunto em 2 artigos distintos. Hoje, procurarei debruçar-me sobre as formas de melhorar o desempenho de uma carteira. Identificar as fontes da rendibilidade em excesso (ou alfa) são um

    LER MAIS
  • Fundos de Pensões investem menos em imóveis0

    De acordo com o último relatório elaborado pela Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões, os Fundos de Pensões em Portugal diminuíram a alocação a activos imobiliários na composição das suas carteiras de investimento. Segundo a referida publicação, entre Junho de 2014 e igual mês do corrente ano, os Fundos de Pensões diminuíram

    LER MAIS
  • Chegou o momento de vender0

    Chegou o momento dos investidores venderem e realizarem mais-valias. Esta é, pelo menos, a principal conclusão de um estudo realizado pela Union Investment, gestora de fundos alemã. Da análise realizada, 72% dos investidores alemães, 84% dos britânicos e 52% dos franceses têm a suas equipas focadas na venda e na realização de mais-valias. Ao contrário

    LER MAIS
  • Fundos Imobiliários desinvestem em Portugal0

    No decorrer do ano de 2014, os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) em Portugal baixaram os valores sob gestão em -2,64%, de acordo com dados disponibilizados pela APFIPP. No passado mês de Setembro, o montante global gerido por FII estava já abaixo dos 12 mil milhões de euros. Também o valor dos activos geridos reduziu-se

    LER MAIS