• Lisboa: mercado de escritórios valoriza 22%0

    O mercado de escritórios em Lisboa valorizou 22% no espaço de 1 ano. Esta valorização foi calculada com base em dados publicados pela consultora internacional Colliers International, no seu mais recente Office Rent Map. Entre Setembro de 2016 e igual mês de 2017, o mercado de escritórios de Lisboa registou uma queda de 25 pontos

    LER MAIS
  • Boom de construção no mercado de escritórios0

    Segundo o último estudo “Global Office Forecast”, publicado pela Cushman & Wakefield, vamos assistir nos próximos três anos a um boom nunca visto de construção de novos escritórios, com mais de 65 milhões de metros quadrados previstos. Esta área é o equivalente ao total de espaços de escritórios existente em 5 cidades – Washington, Dallas,

    LER MAIS
  • Escritórios: Rendas em Lisboa são as mais baixas da Europa0

    Lisboa é a cidade europeia com as rendas mais baixas de escritórios em toda a Europa. No entanto, está entre as cidades com maior potencial de subida de rendas, segundo dados do European Office Clock da consultora JLL. Londres (West End), City e Genebra são as cidades com as rendas mais elevadas no segmento de

    LER MAIS
  • A protecção das lojas históricas0

    Ia escrever este meu artigo sobre um assunto em que venho a reflectir há algum tempo: numa relação de crédito à habitação, no caso em que o mutuário arrende o imóvel a um terceiro sem a autorização do banco, que margem tem o banco para resolver o contrato por incumprimento, ou para aplicar penalidades ao

    LER MAIS
  • O desequilíbrio entre o mercado de arrendamento e investimento no mercado de escritórios de Lisboa0

    Num trabalho conjunto com a B. Prime, e na sequência do Prime Watch 2015, desenvolvemos uma análise ao desequilíbrio que actualmente se verifica no mercado de escritórios de Lisboa, entre as componentes económica e financeira de valorização dos activos. O que provocou o aumento do investimento? O mercado de investimento imobiliário em Portugal observou um

    LER MAIS
  • As yields de buy-to-let no UK0

    Já por algumas vezes que aqui colocamos alguns dados sobre o mercado residencial britânico. Hoje, cortesia do Finantial Times e da Zoopla.co.uk, apresentamo-vos as yields de buy-to-let. As yields mais elevadas encontram-se em localizações secundárias, onde existe elevada procura por arrendamentos mas onde os preços de venda se encontram relativamente mais baixos. Perante a forte

    LER MAIS
  • As rendas, as avaliações… todos protestam!0

    Hoje deixo-vos um breve comentário a 4 notícias que sairam no Jornal de Negócios, aqui há dias: – Proprietários queixam-se da reavaliação das casas– Peritos recorrem ao Google Maps para fazer avaliações dos imóveis– Inquilinos impedidos de pedir segundas avaliações no IMI– Oposição arrasa proposta de reforma do Governo para a Lei das rendas Ora

    LER MAIS
  • O Bom, o mau e o vilão*0

    Li a proposta de lei deste Governo sobre o regime do arrendamento urbano. Questões jurídicas à parte, acho que se avançou algo mas esta proposta parece-me ainda um pouco curta. Curta no alcance, curta na ambição mas mais importante, temo que seja curta nos efeitos que venha a produzir no mercado de arrendamento. Mexem-se em

    LER MAIS