• Os escritórios mais caros do Mundo2

    Segundo a Jones LangLasalle, o mercado de escritórios mais caro do Mundo é Londres, mais concretamente, na zona de St. James. O custo de um escritório aí é de € 127,5 por m2. Logo a seguir vem Hong-Kong, com um custo mensal de € 106,5 por m2. Na “cauda” desta tabela dos 12 maiores, aparece

    LER MAIS
  • O mercado de escritórios de Lisboa em 20120

    A B. Prime lança hoje o Prime Watch, o seu relatório sobre o mercado de escritórios de Lisboa em 2012. Pelo 3º ano consecutivo, este relatório foi desenvolvido em parceria com Out of the Box. Reforçamos, assim, o nosso posicionamento de Real Estate Knowledge Provider, estudando, analisando e fornecendo conteúdos sobre os mercados imobiliários. O nosso muito obrigado ao Jorge

    LER MAIS
  • O Mercado de Escritórios de Lisboa2

    A B. Prime lança hoje o Prime Watch, o seu relatório sobre o mercado de escritórios de Lisboa em 2011. Pelo 2º ano consecutivo, este relatório foi desenvolvido em parceria com Out of the Box. Reforçamos, assim, o nosso posicionamento de Real Estate Knowledge Provider, estudando, analisando e fornecendo conteúdos sobre os mercados imobiliários. O

    LER MAIS
  • Mercado de Escritórios com queda de 20% em 5 anos0

    Deixo-vos hoje o Prime Watch, o 1º relatório do mercado de escritórios de Lisboa da B. Prime, powered by Out of the Box.É o 1º market report feito por Out of the Box para uma consultora portuguesa. É, para mim, a prova que há espaço no mercado para um research especializado, isento e independente, de

    LER MAIS
  • Estudo de Mercado de Migração de Escritórios1

    Por João Madeira de Andrade Aguirre Newman Departamento de Consultoria e InvestimentoDirector de Negócio — A Aguirre Newman concluiu recentemente um estudo de mobilidade das empresas no mercado de escritórios do concelho de Lisboa em 2009 e 2010, com o objectivo de identificar as zonas de escritórios nas quais as empresas se instalam, detalhando exaustivamente

    LER MAIS
  • Barómetro Novembro/Dezembro0

    «Preços do mercado de habitação de Lisboa vão cair em 2011» O Barómetro Out of the Box foi quase unânime: os preços das casas em Lisboa não vão subir em 2011. Na realidade, uma esmagadora maioria de 62% acredita mesmo que irão cair, sendo que apenas 4,2% ainda julgam que poderão subir durante o presente

    LER MAIS
  • Barómetro Out of the Box – Jul/Ago 20100

    O Barómetro de Julho e Agosto centrou-se, novamente, nos temas da habitação e escritórios. Deste vez, tivemos um total de 112 respostas pelo que desde já agradeço a todos aqueles que contribuiram. Se no sector da habitação em Lisboa, os nossos leitores mantém as expectativas anteriores, já no sector de escritórios o pessimismo reina! Desde

    LER MAIS
  • Barómetro Out of the Box – Abril 20101

    Publicamos hoje os resultados do 1º Barómetro Out of the Box. Durante o mês de Abril, inquirimos os nossos leitores acerca do mercado de habitação e de escritórios de Lisboa. Quase 44% dos leitores inquiridos acreditam que os preços no sector da habitação vão ainda descer mais em 2010. Apenas 14,5% acreditam numa subida este

    LER MAIS
  • A Grécia e os Escritórios em Lisboa0

    O que é que a Grécia tem a ver com o mercado de escritórios de Lisboa? É simples. O investimento imobiliário parece, definitivamente, já não render! Investir em dívida pública grega é capaz de render mais, hoje em dia, que investir num edifício de escritórios fully let na CBD de Lisboa. As obrigações do Estado

    LER MAIS
  • Correlação entre o imobiliário e o S&P 5000

    Aconselho-vos a ler este artigo e, quem conseguir, o próprio report da Jones LangLasalle (eu não o consegui encontrar no site). A questão da correlação entre o mercado imobiliário e outros mercados tem sido já bastante estudada. Este caso específico da zona de Manhattan é bastante interessante e um bom indicador para um investidor da

    LER MAIS
  • Entrevista com Jorge Bota0

    Hoje deixo-vos uma entrevista com Jorge Bota, sócio fundador da B. Prime. Ele explica-nos o que é a empresa e como nasceu, como se posiciona e quais os objectivos para o futuro. — Gonçalo Nascimento Rodrigues (GNR): Fala-nos um pouco da B. Prime? Que tipo de serviços prestam? Qual o vosso posicionamento?Jorge Bota (JB): A

    LER MAIS