• Espanha – Mercado Imobiliário, Junho0

    A maior parte dos negócios efectuados em Junho são referentes à dívida perdida, tanto em volume quanto em número. Além disso, outras operações foram fechadas nos sectores hoteleiro, retalho e residencial. O CaixaBank e a sua representante Servihabitat conseguiu transferir cerca de € 6,7 bilhões em activos tóxicos a uma nova joint venture que se

    LER MAIS
  • Escritórios em alta0

    O mercado de escritórios europeu continua em alta. Segundo o Office Clock da JLL, o take-up de escritórios cresceu 5% no 1º trimestre de 2018, acima dos 3 milhões de m2. Desde 2007 que não se verifica arranque tão bom de início de ano. A vacancy rate desceu, assim, 30 pontos base para os 7%,

    LER MAIS
  • Escritórios: rendas manterão tendência de subida0

    Segundo uma publicação recentemente divulgada pela Savills, as rendas de escritórios nos principais mercados europeus manterão a sua tendência de subida para o ano de 2018. O mercado europeu leva já 5 anos consecutivos de valorização de rendas e essa tendência parece não querer parar, ao mesmo tempo que a taxa de desocupação (vacancy rate)

    LER MAIS
  • Estrangeiros tomam a dianteira no investimento imobiliário em Espanha0

    Os investidores estrangeiros (não-domésticos) ganham cada vez mais preponderância no investimento imobiliário em Espanha. Dos cerca de 9 mil milhões de euros investidos no mercado no ano de 2017, mais de 60% foram investidos por não-domésticos, ou seja, perto de 5,7 mil milhões de euros. Ao contrário do que aconteceu durante os anos 2011-2013, período

    LER MAIS
  • Espanha: investimento imobiliário atinge € 9 mil milhões0

    O investimento em commercial real estate em Espanha chegou aos 9 mil milhões de euros no ano de 2017, de acordo com dados publicados pela Savills. O montante referido, apesar de não representar um recorde histórico no mercado imobiliário espanhol, é mesmo assim o valor mais elevado da última década. Os segmentos de hotéis e

    LER MAIS
  • Espaços de Trabalho: Novos Paradigmas e Novas Tendências0

    Quem diria, há 4 ou 5 anos, que uma sociedade como a Abreu Advogados, iria instalar-se num armazém reabilitado junto ao Tejo, com áreas open space, balneários, jardim, terraço e espaço para refeições?  Não são só as empresas tecnológicas e as “start-up” a investir em espaços de trabalho disruptivos; os sectores mais tradicionais, como a

    LER MAIS
  • 2017, imobiliário em Espanha: um ano recorde0

    O investimento continuou, em 2017, a ser impulsionado por indicadores macroeconómicos em geral positivos, apesar da tensão politica na Catalunha. O PIB Espanhol aumentou 3,1% em 2017; o desemprego interno diminuiu em 290.192 pessoas alcançando os 3,14 milhões, atingindo o nível mais baixo desde 2008; e as taxas de juro continuaram no nível mais baixo

    LER MAIS
  • Escritórios: absorção cresce 15% em 20170

    Segundo dados disponibilizados pela consultora Workx, a absorção de escritórios em Lisboa cresceu 15% no ano de 2017, atingindo os 165.162 m2 de take-up. A zona que se apresentou mais dinâmica foi a zona 6 (Eixo da A5) com 41 886 m2 colocados. Esta zona representou 25% do volume total do take up, seguida da

    LER MAIS